Demorando demais" Fechar a tela de carregamento.
Prefeitura de Guaraí - Excelência para o cidadão!
Home / Custom Sliders / Guaraí reduz em 81% casos de Dengue, 98% os de Chikungunya e acaba com a Zica

Guaraí reduz em 81% casos de Dengue, 98% os de Chikungunya e acaba com a Zica

Enquanto doenças se expandem no Estado, os números caem vertiginosamente na cidade.

Enquanto o estado sofreu em 2018 uma verdadeira epidemia de Dengue, Zica e Chikungunya, Guaraí fez o caminho inverso e reduziu em 81% os casos de dengue, que caíram de 43 em 2017, o primeiro ano da atual gestão, para apenas 8 casos confirmados em 2018.

Os casos de Chikungunya caíram ainda mais, reduzindo de 98 em 2017 para apenas dois em 2018. Em termos percentuais a queda foi de 98% em relação ao ano anterior. Um resultado superado apenas pelo combate à Zica, que teve 395 casos em 2017 e em 2018 não teve nenhum caso confirmado da doença, que entre outras sequelas provoca má formação do cérebro de bebês que ainda estão na barriga de suas mães.

Os números foram revelados pela Secretaria Municipal de Saúde de Guaraí, por meio do setor de vigilância epidemiológica. Em comum as três doenças têm o mosquito Aedes Aegypti, que transmite através da picada e utiliza água parada para se reproduzir.

Segundo a Secretária da Saúde de Guaraí, Marlene Sandri, os números extremamente positivos são resultado da gestão da Prefeitura da Cidade, que uniu várias secretarias no combate aos focos do mosquito, realizando campanhas de conscientização e ações, como a limpeza de lotes baldios e coleta do lixo dos quintais das casas.

“Graças à visão estratégica da Prefeita Lires Ferneda, foi possível somar esforços da Secretaria da Saúde com outros órgãos, como a secretaria de Infraestrutura e a de Meio Ambiente, que ajudou no recolhimento de entulho que serviam como criadouros do mosquito. Realizamos uma campanha muito forte de esclarecimento da população, indo de porta em porta não só para verificar os quintais e eliminar eventuais focos, como para ressaltar a importância de manter pneus, vasos de plantas e outros recipientes secos, para impedir que se tornem criadouros, bem como retirar todo o entulho para que o município recolhesse, previamente programado com um cronograma. Não adianta a Prefeitura fiscalizar, se a comunidade não der a sua contribuição e, por isso, a população de Guaraí está de parabéns. O resultado foi o sucesso que vimos em 2018”, afirmou a secretária Marlene Sandri.

Palestras

A secretária revelou que durante todo o período chuvoso a Prefeitura também realizou palestras em escolas e unidades básicas de saúde para conscientizar crianças e adultos. “A regra é não perder nenhuma oportunidade de esclarecer a nossa população sobre os perigos das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti e como prevenir acabando com os criatórios do mosquito”, relatou.

Marlene afirma que as estratégias utilizadas em 2017 e 2018 serão replicadas este ano e pede que a população continue fazendo a sua parte. “Nossa ideia é reduzir ainda mais e praticamente zerar o índice de Dengue e Chikungunya, como fizemos com a Zica. A população de Guaraí não merece o que ocorreu em anos anteriores, quando as unidades de saúde ficavam lotadas de pessoas doentes, chegando a faltar remédios tamanha a quantidade de doentes. Guaraí vai continuar sendo exemplo para o Tocantins e para isso contamos com cada morador, de crianças a adultos para preservamos a saúde de cada morador. Para isso, precisamos que todos façam a sua parte”, pede a secretária.

Entulho

A Secretaria de Obras e Infraestrutura fez o recolhimento de 5,5 mil toneladas de entulho no ano de 2017 e mais 6 mil toneladas em 2018, em todos os setores da cidade, gastando cerca de R$ 50 mil por ano, o que garantiu a cidade limpa e com muito menos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Segundo o Secretário Municipal de Obras e Infraestrutura Antônio Carlos Cruz Moura, o trabalho vai continuar em 2019, com recolhimento de entulho em todos os setores da cidade. “Esse é um trabalho contínuo e uma determinação da Prefeita Lires Ferneda, que nos incumbiu desta tarefa. Os resultados do nosso trabalho estão sendo demonstrados com a queda vertiginosa dos casos de Dengue, Zica e Chikungunya em Guaraí”, afirmou o secretário.

Agentes ajudaram a mapear pontos críticos, nos quais a Prefeitura atuou com o recolhimento de lixo e entulho

 

Foram realizadas palestras nas escolas públicas e unidades básicas de saúde

 

Trabalho de bater de porta em porta vai continuar em 2019, mas Prefeitura pede a colaboração de todos

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
Accessibility