Demorando demais" Fechar a tela de carregamento.
Prefeitura de Guaraí - Excelência para o cidadão!
Home / Custom Sliders / Prefeitura de Guaraí esclarece a servidores da educação que direitos e benefícios estão em dia; “Não há motivo para greve”

Prefeitura de Guaraí esclarece a servidores da educação que direitos e benefícios estão em dia; “Não há motivo para greve”

Iniciativa que comprova que a gestão sempre esteve aberta ao diálogo com o funcionalismo, a prefeita de Guaraí, Lires Ferneda, se reuniu com professores e servidores da educação municipal na tarde desta segunda-feira, dia 29. Ela recebeu os trabalhadores na sala de reunião da prefeitura. Diferente do que apontou o sindicato dos servidores, que chegou a anunciar paralisação, a chefe do Executivo municipal esclareceu que a gestão está completamente em dia com pagamento de direitos e benefícios do funcionalismo.

“Todas as reivindicações do sindicato que estão dentro da lei foram cumpridas rigorosamente. A gestão sempre esteve aberta ao diálogo, cumpre os compromissos e está disponível para buscar juntamente com a categoria da educação e as demais o melhor para Guaraí.” Participaram da reunião secretários da Prefeitura, diretores de escola, professores e funcionários.

Na reunião, a prefeitura informou que será pago em maio o valor de 2,37% da data-base da categoria, referente a 1º de junho a 31 de dezembro de 2018. Os funcionários souberam ainda que o projeto de lei da data-base de 2019 foi encaminhado pela gestão à Câmara de Vereadores, fato que o sindicato não esclareceu à categoria, o que deixou o grupo do funcionalismo insatisfeito.

Durante o encontro desta tarde, a prefeita Lires Ferneda também fez uma espécie de prestação de contas informal da gestão, ao relatar iniciativas da prefeitura em seu mandato. Entre as realizações, o pagamento das 22 parcelas em atraso do GuaraíPrev, INSS, PASEP e Panamericano, reforma de escolas, investimentos e entrega de material didático completo.

ESCLARECIMENTOS

Na última semana, a Prefeitura de Guaraí divulgou comunicado oficial em que esclarece todos os pontos levantados por representantes do sindicato da educação como motivos para a paralisação da categoria. No esclarecimento, a Prefeitura comprova que os argumentos para o movimento do sindicato não têm justificativa. “A Prefeitura refuta veementemente a alegação de atraso no pagamento do retroativo da data-base da categoria (referente a 2017), como aponta o sindicato. A gestão estabelece a verdade dos fatos ao comprovar que a quitação foi feita, conforme a Lei Complementar número 022/2018, de 25 de maio de 2018”, diz o trecho da nota, que complementa: “Nessa oportunidade, a Prefeitura concedeu reajuste de 4,88% estipulado pela referida lei, compreendendo o período de 2017 até maio de 2018, quando houve a unificação de todas as datas-bases do funcionalismo”.

Sobre o cumprimento do piso salarial do magistério “que, conforme o sindicato divulgou equivocadamente, não seria respeitado pelo município, a Prefeitura de Guaraí lamenta a iniciativa do sindicato de propagar inverdades e ratifica que a gestão cumpre integralmente a lei, ou seja, todos os professores da rede municipal em início de carreira recebem o piso regulamentado por lei, que é de R$ 2.557,73, informação que pode ser comprovada no Portal da Transparência do município”.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura de Guaraí se manifesta sobre anúncio de paralisação na Educação

 

reuniao guarai 2 - Prefeitura de Guaraí esclarece a servidores da educação que direitos e benefícios estão em dia; “Não há motivo para greve”

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO
Content | Menu | Access panel