Taking too long? Close loading screen.
Prefeitura de Guaraí - Excelência para o cidadão!
Home / Saúde / Secretária da Saúde faz balanço positivo da Semana de Controle e Combate às Leishmanioses
A campanha também foi realizada nos postos de saúde para os pacientes e acompanhantes que aguardavam atendimento

Secretária da Saúde faz balanço positivo da Semana de Controle e Combate às Leishmanioses

Foi realizada em Guaraí entre os dias 06 e 10 a Semana Nacional de Controle e Combate às Leishmanioses, doença também conhecida como Calazar, que afeta cães e humanos e pode ser fatal caso não seja tratada adequadamente. Para a Secretária Municipal da Saúde, Marlene Sandri, o balanço foi extremamente positivo e superou as expectativas de mobilização e participação da população.

A ação foi uma iniciativa da Prefeitura Guaraí, através da Secretaria Municipal da Saúde e da Coordenação de Vigilância Epidemiológica, em parceria com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e outras pastas, como a Educação, realizando várias ações como campanhas em rádio, carros de som e panfletos entregues de casa em casa pelos Agentes Municipais de Saúde e de Endemias.

Também foram realizadas palestras para centenas de alunos nas escolas municipais, aonde foram distribuídos folders sobre as leishmanioses tegumentar e visceral. Palestras ocorreram dentro das Unidades Básicas de Saúde, com esclarecimento e entrega de panfletos sobre a doença para dezenas de pacientes que aguardavam atendimento.

O CCZ também colaborou com a intensificação de testes rápidos e gratuitos em cães visando identificar portadores da doença além do esclarecimento aos proprietários sobre a necessidade d a eutanásia nos animais contaminados, evitando a disseminação para outros cães e pessoas.

Agentes de Saúde e de Endemias passaram de casa em casa para conscientizar a população sobre os perigos da doença

A doença

A Leishmaniose é uma das seis doenças tropicais de maior relevância mundial e ocupa o segundo lugar, depois da malária, entre as infecções por protozoários que acometem os seres humanos, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Transmitida ao homem pela picada de fêmeas do mosquito vetor (flebotomíneo) infectado, a Leishmaniose tem  como reservatórios os animais silvestres e os cães. É uma doença de evolução crônica, com acometimento sistêmico e se não tratada, leva à morte em até 90% dos casos em seres humanos.

Agradecimentos

Segundo a Secretária Municipal da Saúde, Marlene Sandri, também foram afixadas faixas de mobilização em pontos estratégicos da cidade. “Foi uma grande mobilização que envolveu dezenas de pessoas. Quero agradecer todos os profissionais engajados e as parcerias com os demais órgãos como o CCZ e a Secretaria da Educação que foram sensíveis ao problema e nos ajudaram em vários sentidos. Agradecer principalmente à Prefeita Lires Ferneda que tem nos apoiado nesta e em outras iniciativas, sempre nos motivando a levar o melhor serviço para a população de Guaraí”, agradeceu a secretária.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO