Polícia Civil investiga ponte incendiada na divisas de Guaraí e Tupiratins

Ponte destruida 3

A 46ª Delegacia de Polícia de Presidente Kennedy investiga o incêndio que destruiu a ponte sobre o córrego Água Fria, entre Guaraí e Tupiratins, ocorrido na noite desta quinta-feira, 18, para a madrugada de hoje, 19. Segundo o delegado Joelberth Nunes, os procedimentos periciais devem ser realizados no local ainda na tarde desta sexta-feira.

Ao tomar conhecimento do ocorrido, a prefeita Fátima Coelho foi até o local, conversou com moradores e repudiou o possível ato criminoso. “Possivelmente foi premeditado, uma ação que prejudica as famílias que precisam levar seus filhos para a escola, além dos produtores rurais que usam a passagem frequentemente. As obras públicas não acontecem de um dia para a noite. Não é assim que se resolve as coisas, isso é inaceitável”, pondera a chefe do Poder Executivo de Guaraí .

Vídeos que circulam nas redes sociais, antes do incêndio na ponte, mostram narrativas com ameaças de atear fogo no local. Todas as mídias foram enviadas para a 46ª DPC. 

“Meus meninos estudam e agora não tem como ir para a escola. É um ato sujo e de vandalismo, pois a ponte dava para atravessar”, desaprova o agricultor Paulo Rodrigues.

O pecuarista Miguel Dias lamenta, pois precisa do uso da ponte duas vezes ao dia. “Tenho negócios com criação de gado. Agora ficou ruim. Como vou atravessar com ração para minhas criações”, questiona.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado pela Prefeitura de Tupiratins e a Prefeitura de Guaraí está em contato com a Polícia Civil para acompanhar os procedimentos investigatórios. A prefeita Fátima Coelho está em busca de soluções imediatas para a restauração da ponte.

cABECALHO MATERIAS 1 scaled

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Skip to content