Home / DESTAQUE / Profissionais de saúde se reúnem em Guaraí para discutir ações contra o coronavírus

Profissionais de saúde se reúnem em Guaraí para discutir ações contra o coronavírus

20200316 083500 1280x853 - Profissionais de saúde se reúnem em Guaraí para discutir ações contra o coronavírus

Coordenadores, diretores e gerentes da Secretaria Municipal da Saúde, com os representantes do Hospital Regional de Guaraí: profissionais da saúde estiveram reunidos para discutir o Plano Municipal de Contingência contra o coronavírus.

Os profissionais da Secretaria Municipal da Saúde e do Hospital Regional de Guaraí (HRG) estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, 16, para discutir um plano de contingência e prevenção contra o coronavírus (Covid-19), caso ocorram situações no município.

Na ocasião, os profissionais trataram sobre a preparação das unidades de saúde com insumos, sala de isolamento e um profissional treinado, no hall de entrada da UBS, para classificação dos pacientes com sintomas gripais.

Em casos suspeitos, o profissional da unidade de saúde deve classificar a situação como leve – isolamento na própria UBS ou domiciliar; moderado – encaminhado para o HRG; ou grave – o hospital encaminha para Palmas.

A Secretaria Municipal da Saúde ficou responsável pelas providências, em caráter de urgência, dos insumos necessários para proteção dos profissionais e pacientes. São eles: sabão, álcool e máscaras. No caso dos exames para confirmação do diagnóstico de infecção, após colhidas, as amostras serão encaminhadas e examinadas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen\TO).

De acordo com a Responsável pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar, do HRG, Maria José Neres da Silva, as ações são conjuntas e não podem ser isoladas. “O paciente é único e a porta de entrada é a atenção primária, mas, a retaguarda é o hospital, em casos moderados e graves. Tratamos do fluxograma e trâmite do paciente suspeito de coronavírus, sua classificação de risco, encaminhamentos, situações e precauções”, elencou.

À frente do Plano Municipal de Contingência, o diretor da Vigilância Sanitária de Guaraí, Wellington Sousa, conduziu a reunião. “Vamos fazer uma adaptação organizacional do fluxograma para atendimento dos pacientes nas UBS’s. Caso necessário será encaminhado ao hospital”, frisou.

O Hospital Regional de Guaraí possui seis leitos de isolamento para os casos relacionados ao coronavírus.

Participaram da reunião: representantes do Hospital Regional de Guaraí; a secretária municipal da Saúde, Marlene Sandri; coordenadores, diretores e responsáveis pelas áreas técnicas, no município, da Epidemiologia, Vigilância Sanitária, Saúde do Trabalhador, Atenção Primária e agentes comunitários e de endemias.

Comunicado 1280x1286 - Profissionais de saúde se reúnem em Guaraí para discutir ações contra o coronavírus

Aulas na Rede Municipal de Educação

A Prefeitura de Guaraí decretou a suspensão das aulas na Rede Municipal de Educação, por cinco dias, a partir desta segunda-feira, (16) em todas as 8 unidades educacionais do município.

Dicas

Lavar bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las. Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel.

O Ministério da Saúde recomenda a redução do contato social, evitar aglomerações, o que, consequentemente, reduzirá as chances de transmissão do vírus, que é alta se comparado a outros coronavírus do passado.

Os vírus respiratórios se espalham pelo contato, por isso a importância da prática da higiene frequente, a desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência, como celulares, brinquedos, maçanetas e corrimão, são indispensáveis para a proteção contra o vírus. Até mesmo a forma de cumprimentar o outro deve mudar, evitando abraços, apertos de mãos e beijos no rosto. Essas são as maneiras mais importantes pelas quais as pessoas podem proteger a si e sua família de doenças respiratórias, incluindo o covid-19.

Os cuidados com idosos devem ser reforçados, uma vez que é um público mais suscetível à uma atuação mais aguda dos sintomas do novo vírus. Os pacientes que oferecem maior risco estão na faixa etária acima dos 60 anos, bem como aqueles que apresentam comorbidades, ou seja, a associação de mais doenças, como Diabetes.

Nos casos em que os sintomas se apresentarem mais brandos, a recomendação será a recuperação e o isolamento domiciliar, uma vez que o quadro se assemelha à uma gripe comum, no entanto, quando os sintomas se apresentam de forma aguda, causando dificuldades na respiração, como uma crise de asma, o uso de ventiladores mecânicos para auxiliar na respiração do paciente se torna imprescindível.

coronavirus 1 1200x675 1 1280x720 - Profissionais de saúde se reúnem em Guaraí para discutir ações contra o coronavírus

Internação

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, para que um caso seja considerado oficialmente suspeito, o paciente deve apresentar febre e pelo menos um dos sintomas característicos de Síndrome Respiratória Aguda (SRA), como tosse ou falta de ar.  É necessário também a presença em algum país com alta incidência de casos relacionados ao Covid-19 ou ter tido contato com pacientes que já tenham o diagnóstico confirmado. Caso os resultados de exames efetuados no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) para outras síndromes respiratórias, como Influenza, sejam inconclusivos, o paciente entra oficialmente na lista oficial do Ministério da Saúde (MS), momento em que mais informações pertinentes ao caso serão compartilhadas com toda imprensa tocantinense.

20200316 081023 1280x960 - Profissionais de saúde se reúnem em Guaraí para discutir ações contra o coronavírus

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

About ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO