Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, prefeita Fátima Coelho emite mensagem de incentivo à participação feminina na política

Atualmente, 21 mulheres comandam prefeituras no Tocantins até 2024, representando 15% do total de 139 municípios.

“Feliz dia Internacional da Mulher! Que o empoderamento feminino seja crescente, com engajamento e liderança na vida política brasileira”, deseja a prefeita Fátima Coelho

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta terça-feira, 08 de março, a prefeita de Guaraí Fátima Coelho, uma das 21 mulheres que comandam prefeituras nos 139 municípios do Tocantins, emitiu mensagem de estimulo à participação feminina e representatividade na política.

“Fui vereadora por três mandatos pela Câmara Municipal de Guaraí, ingressei na política em 2008, sendo eleita e reeleita em 2012 e 2016, agora, com a missão de administrar esse importante município. Existem questões que uma gestora mulher pode agir com um pouco mais de sensibilidade em relação às causas humanitárias e situações de vulnerabilidade, contudo, isso agrega e não desvaloriza a ação masculina. Por isso, é importante o engajamento feminino para o equilíbrio nas gestões públicas de todo o Brasil”, pondera a chefe do Poder Executivo Municipal.

Na última sexta-feira, 04, a prefeita Fátima Coelho visitou a dona Lindalva, 113 anos, moradora do setor Universitário, e pioneira guaraiense. “É uma juventude acumulada, uma mulher de coragem que muito colaborou com a sociedade e, agora, com muita experiência de vida, ainda nos inspira. Fiz questão de acompanhar o atendimento de saúde domiciliar realizado por uma médica do nosso município”, enfatiza.

“Feliz dia Internacional da Mulher! Que o empoderamento feminino seja crescente, com engajamento e liderança na vida política brasileira. Apesar dos avanços, os números ainda não são bons, mas creio que a situação será revertida”, deseja Fátima Coelho.

(esquerda) prefeita Fátima Coelho; e a médica médica da rede municipal de saúde de Guaraí, Sinária Leite; visitam dona Lindalva (centro), 113 anos; acompanhada de suas filhas.

Dados do município

Em Guaraí, 66% dos servidores públicos do município são do gênero feminino. Na Câmara Municipal de Guaraí, dos 11 vereadores, a Professora Rita Lopes (DEM) é a única parlamentar eleita em 2020, representando 9% na Casa de Leis.

Segundo dados estatísticos do último Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população guaraiense é composta de 49.63% de mulheres e 50.38% de homens, números praticamente iguais.

Mulheres prefeitas em municípios do Tocantins

Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/TO), dos 139 municípios do Tocantins, atualmente 21 mulheres comandam prefeituras municipais até 2024. Vale ressaltar que, em Tupiratins, Filomena Coelho (PSD), irmã da prefeita Fátima Coelho, foi eleita como vice-prefeita, entretanto, assumiu o comando da prefeitura após o falecimento do prefeito Janilson Veras. O número representa 15% do total das cidades. 31 mulheres são vice-prefeitas e 229 vereadoras.

O número diminuiu se comparado com as eleições de 2016, quando 24 mulheres foram eleitas para ocupar o cargo do Poder Executivo Municipal.

Estado

Em todo o Estado, de acordo com o Instituto Data Senado, de 2019, o Tocantins possui 49,6% de sua população feminina e 50,4% masculina. No Brasil são 51,8% de mulheres e 48,2% de homens.

Na Assembleia Legislativa do Tocantins, com base nas últimas eleições de 2018, cinco mulheres foram eleitas (20,8%), diante das 24 vagas do Parlamento Estadual.

Dados populacionais do Tocantins e Brasil

Em todo o Brasil

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos últimos pleitos, foram eleitas 651 mulheres prefeitas de municípios do Brasil, inclusive a prefeita Fátima Coelho em Guaraí. Por outro lado, o número representa apenas 12,1% em comparação ao total de 4.638 homens eleitos, que representam 87,9% do total de 5.303 prefeituras no país.

Nas Câmaras Municipais de todo o país, as mulheres são 9.277 eleitas em 2020, representando 15% em comparação aos 48.692 homens eleitos vereadores, o que representa 84% do total de 57.969 parlamentares municipais em todo o Brasil.

Em relação aos estados, apenas uma mulher foi eleita governadora nas eleições de 2018, Fátima Bezerra, do Rio Grande do Norte, representando apenas 3,8% em relação aos 25 homens eleitos, sendo 96,2% do total de 26 estados brasileiros.

Deputadas estaduais foram 159 mulheres em todo o Brasil, sendo 15,4% em relação aos 876 do sexo masculino, que representam 84,6% do total de 1.035 parlamentares estaduais. Na Câmara Federal, 77 mulheres (15%), diante dos 436 homens que representam 85% dos 513 totais. No Senado, somente 12 mulheres foram eleitas para as 81 vagas, o que equivale a uma participação feminina de 14,8%.

Um estudo realizado pela União Interparlamentar, organização internacional responsável pela análise dos parlamentos mundiais, mostra que dentre 192 países, o Brasil aparece na 142° colocação do ranking de participação de mulheres na política nacional.

Todos os dados apresentados podem ter sofrido alterações para mais ou para menos, como exemplo, o caso da vice-prefeita de Tupiratins-TO que assumiu o comando após o falecimento do prefeito.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
× DÚVIDAS SOBRE O COVID19?