Horta do Centro de Convivência do Idoso de Guaraí produz alimentos e funciona como terapia para o grupo de frequentadores 

Horta4

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Guaraí implementou o projeto de uma horta para cultivo de hortaliças e tubérculos no Centro de Convivência do Idoso (CCI), mantida pelo grupo de frequentadores do local. Plantar, cuidar e colher alimentos frescos e livres de agrotóxicos entrou na rotina dos idosos.

São 16 idosos que cultivam alface, couve, rúcula, cebolinha, abobrinha, feijão, coentro, quiabo, chuchu, pepino, maxixe, mandioca, inhame, tomate, pimentão e demais alimentos.

Hosta2
Maria Sarafina Ferreira da Silva, 67 anos, frequenta o CCI há mais de 15 anos

A Maria Sarafina Ferreira da Silva, 67 anos, frequenta o CCI há mais de 15 anos. Ela explica a rotina adotada no projeto da horta. “Colaboro cuidando e mantendo o local limpo, semeando, regando e arrancando praguinhas. Quando estão prontos para colheita, levo uma parte para casa e acrescento nas refeições”, conta a idosa. 

Para a coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social de Guaraí, Geysa Paixão, a horta é uma excelente atividade para estimular a autonomia e independência dos idosos, pois estimula a memória, a coordenação motora, além de prevenir estresse. “Plantar e colher o próprio alimento além de muito gratificante pode ser uma verdadeira terapia. A  intenção é ampliar o projeto pela produção”, reforça.

Todos os voluntários da horta participaram do curso de Olericultura Orgânica, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/TO), com apoio do Sindicato Rural de Guaraí. 

Pessoas idosas que tenham interesse em participar das atividades promovidas pelo CCI, podem procurar o Cras de Guaraí, localizado na Rua Antônio Miranda Filho, nº 933, Setor Aeroporto, II etapa, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Mais informações (63) 3464 4546/4849

Horta1
Horta3
Horta5
cABECALHO MATERIAS 1 scaled

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Skip to content